Fale conosco pelo WhatsApp

Interpretação para testes do novo coronavírus

Médico segura uma amostra contaminada pelo coronavírus

A interpretação dos testes do novo Coronavírus ainda geram muitas dúvidas à população. Pensando nisso, o Laboratório Androscience elaborou fluxogramas que facilitam o entendimento dos resultados dos testes que possuem maior especificidade e sensibilidade para detecção da presença do vírus ou de anticorpos contra ele: a RT-PCR e a sorologia por quimiluminescência.

Tabela que explica como é feita a interpretação do coronavírus

Notas:

*A RT-PCR é realizada pela técnica real time;

**A imunoglobulina classe A (IgA) está presente nas mucosas onde há maior presença do vírus, a partir do 4° dia de sintomas;

***A imunoglobulina classe G (IgG) está presente no sangue na fase tardia da infecção, após o 7° dia de sintomas ou ainda mais tardiamente.

Referências:

LI, Xiaowei et al. Molecular immune pathogenesis and diagnosis of COVID-19. J. Pharm. Anal., 2020.

OKBA, Nisreen MA et al. SARS-CoV-2 specific antibody responses in COVID-19 patients. medRxiv, 2020