Fale conosco pelo WhatsApp

Ciência

O Androscience é laboratório referência no diagnóstico da saúde reprodutiva masculina, pesquisa e desenvolvimento de novas tecnologias para uma medicina de precisão.
As pesquisas executadas por nossa equipe são destaques na comunidade científica nacional e internacional. Confira nossa contribuição para inovação na Andrologia:

Veja a lista dos trabalhos científicos apresentados em congressos nacionais e internacionais:

  • “Consumo de maconha tem efeito deletério direto no espermatozoide pelo aumento intracelular de espécies reativas de oxigênio 20 vezes mais do que consumo de cigarros de tabaco: Razões para preocupações do uso generalizado” (American Urological Association - AUA, 2019);
  • “Motilidade espermática em amostras astenozoospérmicas durante exposição in vitro sob condições anaeróbicas” (44th American Society of Andrology Annual Conference, 2019);
  • “Melhorando as taxas de criosobrevivência de espermatozoides pós-descongelamento no laboratório de andrologia: escolhendo o melhor processamento de acordo com as características iniciais do sêmen” (44th American Society of Andrology Annual Conference, 2019);
  • “Determinação dos hábitos e estilos de vida que interferem na motilidade espermática de homens com infertilidade” (43th American Society of Andrology Annual Conference, 2018);
  • “Efeito do consumo de diferentes bebidas alcoólicas (fermentados, destilados ou vinhos) nos parâmetros seminais, hormonais e funções espermáticas” (43th American Society of Andrology Annual Conference, 2018);
  • “Concentração de vitamina D no sangue e sua associação com a qualidade do sêmen” (43th American Society of Andrology Annual Conference, 2018);
  • “Estresse oxidativo: métodos laboratoriais de avaliação e conduta terapêutica” (XV Congresso Paulista de Urologia, 2018);
  • “Avaliação do papel do processamento seminal pelo método de swim-up na seleção de espermatozoides com alto potencial de fertilização e redução da carga bacteriana” (Congresso Brasileiro de Reprodução Humana, 2018).

Os estudos conduzidos no Androscience são originados das linhas de pesquisa a seguir:

  • Criopreservação de gametas e avaliação funcional de espermatozoides;
  • Hipogonadismo: investigação clínico-laboratorial, diagnóstico, fatores de risco e opções terapêuticas;
  • Pesquisa, desenvolvimento e inovação tecnológica em Andrologia.

Os seguintes projetos de pesquisa são conduzidos por pesquisadores e alunos de iniciação científica e pós-graduação (mestrado e doutorado):

  • Estudo translacional sobre o efeito da maconha e produtos do tabaco no sistema reprodutivo masculino e feminino;
  • Efeito da suplementação de cafeína dos parâmetros funcionais de amostras seminais astenozoospérmicas submetidas à maturação in vitro;
  • Avaliação do papel do processamento seminal na redução da carga bacteriana e na seleção de espermatozoides altamente funcionais;
  • Os efeitos do uso continuado da maconha e do cigarro na função testicular e suas relações com hipogonadismo e infertilidade masculina;
  • Hábitos e estilos de vida como fatores de risco para função testicular em infertilidade masculina;
  • Efeitos da exposição à fumaça da Cannabis sativa e do tratamento com antioxidantes sobre os parâmetros reprodutivos e qualidade espermática de camundongos machos;
  • Impacto da redução significativa de peso na fertilidade masculina;
  • Determinação de meios de cultura favoráveis para a incubação espermática;
  • Níveis séricos de vitamina D e sua relação com hormônios esteroidais, parâmetros nutricionais e seminais em homens avaliados por infertilidade;
  • Efeito dos diferentes índices de massa corporal (IMC) e percentual de gordura corporal (PGC) na qualidade seminal e na integridade do DNA.
premios-03
premios-01
equipe-02
equipe